Comprar OnLine Equipamentos Médico Hospitalares Contec MED™ BR: Nove por cento de não adesão entre crianças com órgãos transplantados

Saúde - Notícias

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Nove por cento de não adesão entre crianças com órgãos transplantados

Nove por cento de não adesão entre crianças com órgãos transplantados

  • APA
  • 1 Visualizações
    Sem avaliação
Nove por cento de não adesão entre crianças com órgãos transplantados
A não adesão (NA) ao esquema de medicamentos após transplante de órgão há muito constitui uma preocupação entre os pacientes adolescentes, mas um novo estudo norte-americano publicado no "Journal of Heart and Lung Transplantation" demonstra que o problema pode ser mais grave do que se pensava.
Pesquisadores do Boston Children's Hospital examinaram dados do banco de dados OPTN (Organ Procurement Transplant Network) de 1999 a 2007 que documentaram 2.070 casos de transplante cardíaco pediátrico em pacientes com idade igual ou inferior a 18 anos.
Os dados revelaram que 9% dos transplantados tiveram um episódio de NA que comprometeu sua saúde no prazo de dois anos após o recebimento do transplante. Entre os pacientes que não aderiram à medicação, o risco de mortalidade foi de 26% em um ano e 33% no intervalo de dois anos. Das 186 crianças com relato de NA, 48 morreram em até um ano após o recebimento do transplante, e 61 morreram no intervalo de dois anos.
O maior fator associado ao risco mais alto de NA foi a idade, sendo a faixa de 12 a 17 anos a mais afetada. O seguro Medicaid para famílias de baixa renda, raça (afro-americanos) e o uso de dispositivo auxiliar ventricular ou ventilador no momento do transplante também são fatores de risco importantes.
"Com todos os avanços a que chegamos na medicina de transplante, a não adesão ao medicamento tornou-se a principal causa de rejeição fatal do enxerto em pacientes adolescentes e isto é totalmente evitável", disse a autora principal, Melisa Oliva. O adolescente pode não entender a gravidade da não adesão ao medicamento, incluindo como ele pode perder o enxerto e afetar suas chances de receber outro transplante, Oliva acrescentou.
Os cientistas esperam que os dados possam ajudar a conscientizar as pessoas quanto à gravidade do problema, e que os pacientes com mais risco no país possam


www.contec.med.br
Oxímetros de Pulso Contec Med
#medicina #enfermagem #médico #enfermeiro #saúde #contec #cms-50d #oxímetro de pulso #oxímetrodepulso #loja virtual
Postado por  +ContecMedBR

Nenhum comentário:

Postar um comentário