Comprar OnLine Equipamentos Médico Hospitalares Contec MED™ BR: Mães amamentam por mais tempo quando seus bebês recebem pequenas quantidades de leite em pó nos primeiros dias após o nascimento

Saúde - Notícias

sábado, 23 de agosto de 2014

Mães amamentam por mais tempo quando seus bebês recebem pequenas quantidades de leite em pó nos primeiros dias após o nascimento

Mães amamentam por mais tempo quando seus bebês recebem pequenas quantidades de leite em pó nos primeiros dias após o nascimento

  • APA
  • 7 Visualizações
    Sem avaliação
Mães amamentam por mais tempo quando seus bebês recebem pequenas quantidades de leite em pó nos primeiros dias após o nascimento
Pode ser um paradoxo, mas: as mães amamentam por mais tempo quando seus bebês recebem pequenas quantidades de leite em pó nos primeiros dias após o nascimento, revela um estudo da Universidade de São Francisco apresentado na revista científica "Pediatrics".
As mulheres não produzem imediatamente volumes grandes de leite maduro após o nascimento da criança, o que é uma fonte de preocupação para muitas jovens mães. Durante este período, os bebês frequentemente perdem peso. Dar a eles pequenas quantidades de Leite em Pó para Recém-Nascidos (LPRN) por seringa - para prevenir que o bebê passe a confundir o bico da mamadeira com o mamilo da mãe - pode melhorar a ansiedade da mãe para que se sintam confiantes a continuar a amamentação.
O estudo incluiu 40 recém-nascidos a termo com 24-48 horas de vida e que haviam perdido mais de 5% de seu peso ao nascer. Um grupo de bebês recebeu uma quantidade limitada de leite em pó precocemente, enquanto o outro grupo foi amamentado exclusivamente. Os bebês do grupo LPRN não receberam mais o alimento quando as mães começaram a produzir leite maduro, aproximadamente dois a cinco dias após o nascimento.
Após uma semana, todos os bebês nos dois grupos ainda estavam sendo amamentados. No entanto, somente 10% dos bebês do grupo LPRN haviam sido alimentados com leite em pó nas 24 horas anteriores, comparado com 47% no grupo controle. Depois de três meses, 79% dos bebês no estudo que receberam pequenas quantidades de leite em pó nos primeiros dias de vida ainda estavam sendo amamentados, comparado a 42% dos bebês no grupo que não recebeu leite em pó.
"O uso do leite em pó tem o potencial de ser um caminho sem volta para o término da amamentação, mas o LPRN constitui uma forma diferente de vislumbrar esse uso", disse a autora principal, Valerie Flaherman. No entanto, os cientistas enfatizaram que as constatações precisam ser confirmadas com estudos mais amplos e em populações diferentes.

 #medicina
#enfermagem
#oxímetro de pulso contec cms-50d cms50d cms 50d CMS-50D PRONTA ENTREGA FRETE GRÁTIS LOJA ONLINE VIRTUAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário