Comprar OnLine Equipamentos Médico Hospitalares Contec MED™ BR: Análises revelam diferenças significativas entre o coronavírus e a SARS

Saúde - Notícias

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Análises revelam diferenças significativas entre o coronavírus e a SARS

Análises revelam diferenças significativas entre o coronavírus e a SARS

Análises revelam diferenças significativas entre o coronavírus e a SARS
Com base em dados clínicos de um homem alemão que morreu depois de contrair uma infecção por coronavírus em abril, cientistas reuniram uma descrição clínica extensiva da carga viral. As análises revelaram diferenças significativas em comparação com o vírus da SARS. O estudo foi publicado no "The Lancet".
O homem de 73 anos contraiu a doença em Abu Dhabi e foi hospitalizado dois dias depois de desenvolver sintomas semelhantes aos da gripe. Os médicos diagnosticaram pneumonia, prescreveram antibióticos e ventilação artificial. No vigésimo dia, o homem foi transferido para um hospital em Munique (Alemanha). Ele morreu no 18º dia após deterioração da função respiratória e insuficiência renal.
A carga viral examinada pelos médicos alemães foi mais alta no trato respiratório baixo, o que teve o respaldo de resultados anteriores de pesquisas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) também recomendou que amostras dessa área devessem ser extraídas para diagnóstico.
Uma carga viral baixa, mas detectável, foi encontrada em amostras de fezes e urina, mas não no sangue do paciente. Os traços de vírus na urina podem indicar que os vírus replicaram nos rins, o que pode explicar porque o homem de 73 anos, além de outros dois pacientes que morreram na França - tiveram insuficiência renal. Contudo, os pesquisadores disseram que os rins também podem ter sido afetados pelos antibióticos receitados no início da doença. A diferença mais significativa entre o coronavírus, também conhecido como coronavírus da síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS-CoV), e a SARS foi a concentração viral nas fezes: ao contrário do MERS-CoV, a concentração foi alta na SARS.
Descobrir onde e como o vírus circula pelo corpo durante a infecção foi significativo para o diagnóstico, tratamento e avaliação do risco de infecção, enfatizaram os cientistas. "Na ausência de dados laboratoriais de qualidade de casos bem documentados de MERS, a maioria dessas considerações, até agora, eram feitas com base em uma pressuposta analogia com a SARS. Contudo, estamos vendo agora que certas características elementares do vírus MERS parecem diferir da SARS", disse o autor, Christian Drosten, da Universidade de Bonn.



www.contec.med.br
Oxímetros de Pulso Contec Med
#medicina #enfermagem #médico #enfermeiro #saúde #contec #cms-50d #oxímetro de pulso #oxímetrodepulso #loja virtual
Postado por  +ContecMedBR

Nenhum comentário:

Postar um comentário